Dungeoncraft Adventures: Padrões do D&D para Escrever Aventuras


Tradução, Mayra Silva, tradutora titular do Toca do Coruja. Revisão, Bruno Felipe, do Inimigos do D20.


A D&D Adventurers League é uma campanha de jogo oficial, contínua, para Dungeons & Dragons.


O programa D&D Adventurers League chamado "Dungeoncraft" oferece aos membros da comunidade a capacidade de criar conteúdo a ser incluído no jogo da Adventurers League. Um escritor pode criar apenas para a(s) mesa(s) de sua escolha, ou pode publicar sua aventura na DMsGuild e disponibilizá-la para a comunidade toda a comunidade da AL, para que outros Dungeon Masters e jogadores possam desfrutá-la. Com o lançamento recente de The Wild Beyond the Witchlight, os escritores em nossa comunidade têm duas opções para criar seu conteúdo: criar seu próprio Domain of Delight ou criar uma aventura usando as sementes fornecidas no domínio de Fablerise. No artigo Dungeoncraft Adventures: The Wild Beyond The Witchlight em Português, explicamos mais detalhadamente isso.


O pacote completo você pode encontrar aqui, em inglês.


PADRÕES DE D&D Os seguintes padrões se aplicam a produtos de D&D criados pela Wizards e seus parceiros. Esses padrões são baseados em uma revisão de políticas existentes bem como em padrões usados para determinar a classificação indicativa em outras mídias, como televisão e filmes. Esses padrões podem ser aplicados a texto, arte ou ambos.

  • Aborto e Gravidez. Não retrate abortos ou coloque mulheres grávidas em perigo.

  • Abuso. Não retrate o abuso ou tortura de animais, crianças ou adultos indefesos.

  • Romantização do Mal. Não romantize ações e ideologias malignas. Os vilões podem ser simpáticos, mas sua maldade deve ser considerada repulsiva e errada. Evite representar heróis malignos.

  • Personagens Icônicos. Não modifique personagens icônicos de D&D sem aprovação. Exemplos de tais personagens incluem Drizzt Do'Urden e Kitiara Majere.

  • Aparências. Não use imagens de pessoas reais, vivas ou mortas, famosas ou não.

  • Nudez. Não há problema em mostrar a pele nua, mas deve ser de bom gosto. Evite nudez gratuita e objetificação.

  • Outras Marcas e PIs (Propriedades Intelectuais). Não agregue conteúdo patenteado de outras marcas e propriedades intelectuais.

  • Fotografias. Não incorpore fotografias em sua arte a menos que as fotos sejam de sua autoria. Nada em seu trabalho deve ser reconhecidamente propriedade de outra pessoa.

  • Plágio. Não plagie o trabalho de outras pessoas. De o crédito a quem ele é devido.

  • Uso de Palavrões. Não use palavrões.

  • Estupro e Incesto. Não retrate o estupro e evite temas de estupro e incesto.

  • Atos Sexuais. Não retrate indivíduos ou criaturas fazendo sexo.

  • Estereótipos. Evite estereótipos. Não fixe características ou atributos específicos a todos os membros de um povo, cultura, religião ou sexualidade em particular.

  • Abuso de Substâncias. Não romantize o abuso de substâncias.

  • Símbolos do Mundo Real. Não utilize símbolos que representem religiões, organizações ou movimentos do mundo real. Isso inclui adereços e roupas religiosas, sinais de paz, pentagramas e símbolos de ódio.

  • Religião. Não use religiões do mundo real como análogas a religiões malignas em D&D.

  • Tokenismo (Falsa Representação). Evite o tokenismo. É legal representar personagens de diferentes origens, idades, gêneros, tipo corporal, e sexualidades, mas dê a eles o peso que merecem. Não restrinja representações de um povo marginalizado a papéis marginalizados.

  • Violência e Sanguinolência. Tudo bem representar cenas de violência e derramamento de sangue, mas evite sanguinolência excessiva e violência gratuita.

  • Não retrate o canibalismo de uma maneira positiva.

“CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA” DE D&D

D&D é, em sua maior parte, um jogo de classificação G (no Brasil, 'L', que representa público geral). Quando lida com temáticas maduras ou apresenta cenas de violência gráfica, ele inclina-se a uma experiência PG (no Brasil +10, que representa 'com supervisão dos pais'). Contudo, conteúdos de categoria PG permitem coisas que normalmente não utilizamos, como nudez e palavrões.

Produtos de D&D podem violar certos padrões, mas não sem aprovação. A caixa de Ric & Morty, que contém palavrões e romantiza o abuso de substâncias, é um exemplo desse tipo de produto. Ela é classificada como PG-13 (supervisão dos pais para crianças abaixo de 13 anos).

 

Links Úteis:

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo